terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Na aula de Português do 5.ºG, a Teresa, o Nuno e a Ana reaprenderam a escrever uma carta e endereçaram-nas aos pais.


Depois de terem as cartas escritas e prontas foram até aos CTT de Portalegre, com a intérprete Natália e a intérprete Daniela,  retiraram a senha devida e após alguns instantes de espera enviaram as correspondências.


Alunos:
Ana Margarida Guterres
Nuno Rainho
Teresa Marques

Professora:
Ana

Intérprete:
Natália Roriz




quinta-feira, 11 de janeiro de 2018


Os alunos da associação de estudantes da nossa escola têm uma lista de atividades para realizar ao longo do ano letivo.
 Uma dessas atividades propostas foi um um workshop de língua gestual portuguesa. 
   Dessa forma, convidaram o professor de língua gestual para transmitir aos alunos os seus conhecimentos na área. 

E chegou finalmente o dia!  
Foi na segunda-feira, dia 20 que se reuniram para conhecer a língua gestual!
       O workshop começou com uma parte teórica, onde se falou da vida da pessoa surda, das dificuldades e do trabalho que têm de desenvolver. Falou-se também do esforço que fazem todos os dias, de forma a serem cidadãos ativos e informados.
       Para além disso, conversámos sobre o contexto educativo, modelo de ensino, barreiras na escola, como ultrapassar as dificuldades e como surdos e ouvintes podem quebrar a barreira da comunicação. 
    A aluna Márcia, esteve presente no workshop e transmitiu algumas das suas ideias aos colegas, através da voz da Intéprete Cláudia, que interpretou todo o workshop.
Depois da parte teórica, os alunos aprenderam alguns gestos básicos,essenciais para a comunicação diária.

   Foi um momento muito importante para fomentar a integração dos alunos surdos na escola.
  O tempo passou muito rápido e no culminar da sessão, o professor de Língua gestual incentivou os alunos a realizarem outros momentos iguais. 



terça-feira, 9 de janeiro de 2018




Vamos aprender mais algumas coisas sobre ciências? 
O Miguel vai ensinar-nos!

Na aula de ciências o Miguel começou por aprender onde se localizava o fígado e o estômago no corpo humano, e assim perceber como os membros funcionam.
A Professora Fátima, para que ele percebesse melhor trouxe para a aula um fígado e um estômago de um porco, para que assim fosse possível sentir a sua textura e perceber como atuam estes órgãos na passagem dos alimentos.

Também esteve a recordar o nome dos sucos que são produzidos nestes dois órgãos: no estômago, os alimentos são misturados com a secreção estomacal, o suco gástrico, e no fígado é produzida a bílis também conhecida por suco biliar que tem como função digerir gorduras e captar nutrientes ao passarem pelo intestino.


Miguel Lopes 6ºG
Professora de Ciências: Fátima Conchinha
Intérprete de LGP: Maria Seixas

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

En las clases de Español ya he aprendido a presentarme y a hablar sobre mis características físicas, mis cualidades y mis defectos.


Ven a conocerme… en español   :) 



sábado, 30 de dezembro de 2017

sábado, 23 de dezembro de 2017

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017



É Natal, é Natal e vai nascer o menino Jesus!

Como tem vindo a ser habitual nesta época festiva, os alunos do 5.º ano fizeram presépios na disciplina de Educação Tecnológica.

O nosso aluno do 6.º ano, o Miguel, decorou um sapato alusivo à época.

Utilizando materiais recicláveis deram asas à imaginação e fizeram as seguintes criações que estiveram expostas na Escola Cristóvão Falcão.








quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

   No dia 15 de novembro comemorou-se o dia da Língua Gestual Portuguesa. A nossa língua fez 20 anos!
Então, como no dia 15 de novembro (quarta-feira) não tínhamos o professor André na nossa escola, decidimos adiar para o dia seguinte, quinta-feira, dia 16. 
   Na noite do dia 15 combinámos preparar uma surpresa ao professor de Língua Gestual Portuguesa(André). 
   Cada um trouxe uma coisa: a Catarina trouxe sumo e rebuçados, a Alice trouxe um bolo, a Diana trouxe outro bolo, rebuçados e balões, o João trouxe guardanapos e a Irene trouxe os sumos.




    Então, na quinta às 11:50 da manhã preparámos a festa surpresa. O professor André chegou à nossa sala,  abriu a porta e ficou muito contente. Ele não estava à espera da nossa surpresa, agradeceu-nos de sorriso no rosto. 
   Comemos bolo, sumo, rebuçados e divertimo-nos com os balões, nos quais tínhamos escrito várias coisas: língua gestual, 20 anos, parabéns, entre outras coisas relativas ao dia. 

    O  professor André gostou muito da nossa surpresa e ficou muito contente connosco.


Eu gostei muito de fazer a festa e achei muito importante festejar o Dia da Língua Gestual Portuguesa.  

Para além da festa, durante as aulas fizemos uns postais que entregámos a alguns professores, intérpretes e outros elementos. 

Catarina Nunes, 10ºC



Aqui ficam uns vídeos engraçados que fizemos.



terça-feira, 12 de dezembro de 2017


Este ano participámos num projeto solidário e fizemos parte de uma Árvore de Natal Humana

 No âmbito de um projeto solidário intitulado "Make a Wish", e convidados pela Professora de Filosofia Ana Tomás, os Surdos Fixes participaram no 5.º concurso de decoração de Natal inter-escolas e fizeram parte da Árvore de Natal Humana construída pelos alunos do Agrupamento.

 Os meninos do 5ºG

10ºC e 12ºB

Gostámos muito de participar nesta iniciativa! 


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

       
A equipa de educação bilingue tem realizado várias ações de sensibilização e divulgação da língua gestual portuguesa.  
Desta vez, fomos convidados por uma Escola de 1.º Ciclo, do Agrupamento n.º1 de Elvas, para comemorar o  dia da Língua Gestual Portuguesa com eles.

Rumámos a Elvas, no dia 22 de Novembro com a presença de alguns elementos da equipa da educação bilingue e de duas alunas, a Irene e a Diana.

    
Nesta sensibilização, falou-se da língua gestual e do dia-a-dia das pessoas surdas.

Os alunos do 4º ano estiveram sempre muito interessados e participativos. Fizeram questões que nos fizeram pensar que, apesar de muitos pequenos, conseguem ter a sensibilidade que necessitamos para mudar mentalidades e para mostrar que as pessoas surdas são iguais às ouvintes.

Então, o nosso objetivo foi responder ao máximo de dúvidas de forma a que consigam explicar a todos que os rodeiam, como é ser surdo e o que podem fazer para quebrar a barreira da comunicação.


Para além de virmos de coração cheio, ainda fomos presenteados com uns bonitos postais e uma coroa de natal para a nossa sala. 




terça-feira, 5 de dezembro de 2017


O nosso amigo Luís Nogueiro voltou a fazer-nos uma visita e trouxe-nos, mais uma vez, uma surpresa muito boa para nos contar! 

Parece que passou as férias dele a pensar em nós e acabou o tão prometido livro que fala sobre nós, os surdos! O livro intitula-se "Todos Surdos" e nós tivemos o privilégio de ver a história contada em primeira mão por ele, com a ajuda das intérpretes, claro.

Estivemos muito atentos e adorámos a história! Alguns de nós até se arrepiaram com o enredo e ficou a promessa de, da nossa parte, desenhar os momentos que mais nos marcaram na história.

Ficámos também a saber que já temos mais de 700 gostos na página do Facebook do projeto solidário "Todos Surdos". Façam também o vosso gosto!



«O conto infantil "TODOS SURDOS" relata a história de um menino chamado Jerónimo que tem uma surpresa no primeiro dia de aulas na sua nova escola. Este menino foi colocado numa turma onde os restantes colegas são todos surdos. Como vai ser a primeira interação da criança como os colegas e como  vão os pais reagir a este conflito? (...)» 

(citação retirada da página de Facebook Todos Surdos)


Obrigada Luís pela fantástica história que escreveste sobre o nosso mundo de que tanto nos orgulhamos!


quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Eis que chegou mais uma intérprete para a nossa equipa. O João entrevistou-a e agora já a conhecemos melhor!

1.      Qual é o seu nome?
Daniela.
2.      Onde mora?
Montemor-o-Novo.
3.      Há quanto tempo trabalha como intérprete?
Há 2 anos.
4.      Onde tirou o curso de intérprete?
Na Escola Superior de Educação, em Setúbal.
5.      Porque escolheu esta profissão?
Porque tenho interesse na Língua Gestual Portuguesa.
6.      Qual é a escola onde está a trabalhar agora?
Estou a trabalhar no Agrupamento de Escolas do Bonfim, em Portalegre – na escola Mouzinho da Silveira e na Escola Cristóvão Falcão.
7.      Já trabalhou como intérprete noutra escola? Qual?
Trabalhei em Évora, na Escola Manuel Ferreira Patrício.
8.      Ficou contente por ter entrado aqui na nossa escola?
Claro.
9.      Gosta de trabalhar com surdos?
Claro!
10.  Quais as turmas e alunos que tem?
Trabalho na Escola Básica Cristóvão Falcão com as turmas do 5º e 6 º e na Secundária com as turmas do 10 º, 11 º e 12.º anos.
11.  Está a gostar da escola?
Sim!


terça-feira, 28 de novembro de 2017



Eu estou a fazer PIT na biblioteca como já tinha contado numa notícia anterior e tenho feito várias atividades.
A professora Marcolina (responsável da biblioteca) lançou-me um desafio! Fazer uma apresentação de todos os espaços da biblioteca (recepção, computadores, espaço de leitura e de trabalho) para os meus amigos surdos. 
Gostei muito da ideia e quando ela me deu as informações, comecei logo a praticar a apresentação com a ajuda da intérprete Cláudia. 
Na terça-feira, dia 24 de outubro, foi o dia da biblioteca escolar e por isso, o dia de todos os meus amigos surdos, intérpretes professor de LGP, professora Carla, terapeuta da fala verem a minha apresentação na Biblioteca da Mouzinho da Silveira. 
No fim, fizemos uma atividade sobre a biblioteca, onde respondemos a várias perguntas que a professora Marcolina preparou para nós.

Eu gostei muito e acho que os meus amigos também gostaram muito porque a biblioteca é um sitio muito interessante.  


Irene Gomes, 10ºC
Intérprete Cláudia Pedreira


sexta-feira, 24 de novembro de 2017




No passado dia 9 de novembro, quinta-feira, o grupo de Teatro da APS (Associação Portuguesa de Surdos) veio até Portalegre, à nossa escola, contracenar a peça de teatro "Intérpretes Falhados".

O Diretor do Agrupamento ofereceu uma recordação aos atores

Os atores surdos Tony Weaver, Marta Ferreira, Abubacar, Marta Sales, Isabel Pinheiro e Clara Campos fizeram-nos rir e pensar durante 1 hora na profissão do intérprete de LGP.

Mostraram-nos que, independentemente de ser surdo ou ouvinte, podemos desenvolver as nossas capacidades artísticas e fazermos uma peça de teatro.

Tony Weaver a interpretar a personagem de professor ouvinte e Marta e Abubacar como alunos

No final da peça os alunos surdos tiveram direito a um workshop onde despertaram as emoções ligadas à alegria, tristeza e raiva. Por pares, foram revelando as suas capacidades dramáticas e descobrimos alguns alunos com muito jeito!


terça-feira, 21 de novembro de 2017


 




No passado dia 8, quarta-feira, houve no Mercado Municipal de Portalegre uma Feira de Emprego e Empreendedorismo e os nossos alunos do Ensino Secundário foram espreitar quais as ofertas que existem para eles no distrito.

A nossa aluna Alice mostrou interesse pelo curso de Serviço Social e a Catarina e a Márcia também ficaram curiosas.

Com a ajuda da intérprete Cláudia ficaram a saber quais as disciplinas de acesso ao Ensino Superior e agora já sabem que têm de trabalhar e esforçar-se por um futuro melhor para elas!